A doce vida do ídolo Galvão Bueno

Galvão em sua vila na Toscana.Producao de Brunellos

Consagrado e milionário, o locutor se diverte em viagens encantadas pelo mundo

Milionário, Galvão hoje curte a doce vida ao lado da mulher Desirée

Ninguém pode dizer que Galvão não é trabalhador. O homem está na luta, na estrada e nos microfones desde 1974, quando começou na Rádio Gazeta. Rádio, TV, futebol, Fórmula 1, vôlei, Copas do Mundo, Olimpíadas… Não há um evento esportivo importante nos últimos 45 anos que Galvão Bueno não tenha emprestado seu talento de despertar emoções.

Passeio de iate na Europa. Viagens encantadas

Portanto, não é para dizer que só vemos as pingas que bebe, deixando de lado os tombos no caminho. Nada disso. Se Galvão leva hoje uma doce vida ao lado da mulher Desirée Soares, viajando o mundo como poucos, ele fez por merecer. Galvão é talentoso e muito trabalhador.

Com um salário milionário e liberado pela Rede Globo para fazer comerciais – o que aumenta ainda mais sua polpuda conta bancária – uma mulher a quem não se cansa de declarar seu amor, filhos criados, dono de vinícolas no Rio Grande do Sul e na Toscana, Galvão Bueno trabalha cada vez menos e curte a vida cada vez mais.

Mônaco e Flórida

Depois de morar por alguns anos numa bela cobertura em Ipanema e depois no Principado de Mônaco, Galvão fixou residência em Orlando, na Flórida, onde mora em uma ampla e confortável mansão na rica região de Windermere. Lá encontra campos de golfe de sobra, sua paixão atual, e é onde estuda seu filho Lucca, de 17 anos, que faz cinema na prestigiosa Full Sail University. Galvão aposta que o caçula logo estará brilhando em Hollywood como diretor.

Descontração numa de suas várias casas, onde recebe amigos e celebridades
Com a amada Desirée em Florença, na Itália
Saudades de Mônaco, onde morou vários anos

Melhor locutor esportivo do Brasil de todos os tempos, Galvão Bueno não esconde que sente saudades de Mônaco, mas se diz feliz na Flórida. De lá, sai para os poucos compromissos profissionais com a Globo, onde só narra grandes eventos (“se é ‘bão’, manda o Galvão”, reza a lenda) para vistorias esporádicas em suas vinícolas e, sobretudo, para a boa vida mundo afora em viagens encantadas ao lado da sua amada Desirée, que, aliás, Galvão não esconde, emprestou novo brilho a sua vida desde que se conheceram.

Vida de luxo

Mais do que nunca, Galvão é cidadão do mundo. Pode estar hoje no Maracanã narrando um jogo importante da Libertadores e, dois dias depois, curtindo a Villa Mix em Lisboa. Sai de cima de um cavalo em sua vindima em Londrina e, num piscar de olhos, aparece navegando em iates na Europa.

Mais que jornalista e narrador, há muito tempo Galvão é uma verdadeira celebridade. E como tal, cultua a amizade e a proximidade de várias das “Top Celebrities” do país. Viagens em grupo e recebendo gente de peso em sua casa na Flórida, em jantares sempre regados a boa comida – que ele não abre mão – e vinhos fantásticos de sua exclusiva e milionária adega particular.

No avião a caminho da Flórida. Se não for no jatinho, só de primeira classe

 

Frio, neve e vinho, sempre com a mulher

Viagens encantadas

Com sua mulher Desirée ou com casais de amigos, Galvão não economiza milhas e coleciona viagens de luxo, alta gastronomia e vinhos com preços que facilmente passam a casa de cinco dígitos.

Apenas nos últimos poucos meses, Galvão esteve em Portugal, Itália, Espanha, na Ásia, além dos Estados Unidos, onde mora. Quase sempre acompanhado de amigos.

Produtor de vinho na Itália, na prestigiada região de Montalcino

Aliás, uma coisa que é unanimidade entre quem convive com Galvão. Ele é companheiro e amigo de verdade. Teve papel importante na recuperação de Casagrande e, recentemente, no episódio da demissão de Mauro Naves, fez questão de demonstrar publicamente sua solidariedade. Pegou o repórter e sua esposa e, no seu jatinho, os levou para um fim de semana na sua Bueno Wines, na Campanha Gaúcha. E fez questão de registrar tudo em suas redes sociais.

Galvão vive a vida que pediu a Deus. E com todo o merecimento. Só nos resta pegar um de seus bordões emprestado e dizer: vai que é sua, Galvão.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Ekaterina: sem medo de ousar

O destaque do Brasileirão vem da Rússia

As ousadas fotos da namorada do maior reforço do Palmeiras …

anitta

Anitta, de Brasil para el mundo

En el video aparece una toma aérea de Vidigal, una …

Rolar para o topo