Morre Harold Bloom, o maior crítico literário de todos os tempos

(NYT16) NEW HAVEN, Conn. -- April 11, 2003 -- BLOOM-ARCHIVES -- Yale professor Harold Bloom has always railed against what he calls

Harold Bloom desfiava seu conhecimento em críticas permeadas pela inteligência e a coragem

Considerado o maior crítico literário do planeta, o americano Haroldo Bloom morreu aos 89 anos, deixando uma vasta obra sobre a literatura deste e de outros tempos. Acadêmico respeitado, Bloom é responsável pela manutenção da crítica literária viva no mercado contemporâneo, uma das poucas vozes ouvidas neste campo.

Do seu gabinete no campus de Yale, em Massachusetts, Bloom desfiava sua inteligência em críticas às vezes mordazes, às vezes consagradoras, sem meias palavras e permeadas de uma rara inteligência e de um conhecimento profundo sobre as letras.

De acordo com as agências internacionais, Bloom estava com sua saúde deteriorada, apesar de se manter na ativa, lendo, escrevendo e dando aulas. O crítico é autor de inúmeras obras de não ficção, entre elas O Cânone Ocidental, premiado internacionalmente.

A lacuna deixada por Bloom já é debatida nos meios acadêmicos e literários de todo o mundo. Uma voz única, que agora se cala.

 

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Ekaterina: sem medo de ousar

O destaque do Brasileirão vem da Rússia

As ousadas fotos da namorada do maior reforço do Palmeiras …

anitta

Anitta, de Brasil para el mundo

En el video aparece una toma aérea de Vidigal, una …

Rolar para o topo